Untitled Document

Marketing Pessoal




Quando você se identifica com uma mercadoria, não passa a desejá-la? Um carro novo que é lançado, uma tendência de roupas, um novo traje esportivo? Às vezes nem é sua necessidade, mas as empresas tratam de criar nas pessoas estes anseios. Trata-se de propaganda, publicidade e marketing. Porque então quando você está em busca de uma oportunidade de trabalho, não pode se utilizar de estratégias para que seja visto de uma forma necessária pelas empresas. Talvez esteja precisando investir em seu marketing pessoal.

 

A importância de um bom marketing pessoal está proporcionalmente ligada ao aproveitamento das boas oportunidades apresentadas. Uma vez alocado de forma adequada e dirigido de forma precisa, pode trazer benefícios e sucesso na carreira.

 

O marketing pessoal é uma estratégia que se bem dirigida desde o lançamento da própria imagem até o objetivo final se traduzirá em marca pessoal e sucesso. Apresentação pessoal é fundamental. Procure se perceber como uma empresa e como alavancaria os negócios desta empresa.

 

No mundo corporativo ter uma ótima apresentação sem o conteúdo correspondente ao que se mostra pode ser uma enorme frustração e decepção. Portanto não basta que apresente um figurino perfeito quando tem que se mostrar, estiver em evidência, também tem que se preocupar com suas competências.

 

Segundo Rogério Martins, boa parte dos autores sobre o assunto tratam do marketing pessoal enfatizando características externas pessoais tais como aparência, postura e adequação social. Para ele competências como empatia, simpatia, comunicação e boa apresentação do conhecimento toma a mesma importância.

 

Particularmente discordo, pois são pesos diferentes na avaliação do marketing pessoal. Pois ele é uma estratégia desenvolvida pelo próprio indivíduo ou por um especialista cuja finalidade é a promoção da imagem pessoal e profissional. Tratar do todo e não das partes é o essencial.

 

O objetivo é conquistar espaços, oportunidades, avanço na carreira e vantagens na competição pelas melhores ofertas de trabalho. Alguns pré-requisitos têm que ser levados em conta como: o objetivo do profissional quanto ao mercado de trabalho, seus pontos fortes e fracos e seus valores.

 

O ideal é dirigir estes potenciais de forma racional e bem orientada. Os benefícios, claro, serão uma maior visibilidade, melhor projeção social, percepção mais clara das habilidades, e competências. Cabe ressaltar que os aspectos ligados a personalidade deverão ter também sua atenção e cuidado para um bom marketing pessoal.